PF desarticula grupo que fraudava seguro-desemprego e benefícios na Bahia



Publicado em 25/11/2016

Uma organização criminosa que fraudava benefícios previdenciários e do seguro-desemprego, na Bahia, foi desarticulada no dia 23 pela Polícia Federal, durante a Operação Melaço. Policiais federais e servidores da Previdências Social e do Ministério do Trabalho foram às cidades baianas de Ipiaú, Ibirataia, Valença, Prado, Porto Seguro, Itamarajú e Santa Cruz Cabrália, para cumprir 31 mandados, sendo 13 de prisão preventiva e 18 de busca e apreensão.



As investigações da PF apontaram que o grupo tinha ajuda de técnicos em contabilidade, aliciadores e atendentes do Sistema de Empregos da Bahia (Sine/BA), que atuavam juntos há mais de 10 anos.



Veja Também: Ministro do STF nega pedido para suspender tramitação da PEC do Teto dos Gastos



O esquema funcionava a partir dos aliciadores, que abordavam pessoas dispostas a ceder os documentos, como carteira de trabalho e cartão cidadão. Esses documentos passavam a ser registrados em empresas laranjas, ou já inativas, de forma retroativa, como se os aliciados trabalhassem há cerca de um ano. Depois forjavam as rescisões para solicitar os benefícios do seguro-desemprego e da Previdência Social.



Curta nossa Fanpage no Facebook

Publicidade

© 2016 - Jornal NC. Todos os direitos reservados