Roberto Freire assume Ministério da Cultura em evento fechado no Planalto

O presidente Michel Temer deu posse nesta quarta-feira (23) ao deputado licenciado e presidente nacional do PPS.

Publicado em 24/11/2016

O presidente Michel Temer deu posse nesta quarta-feira (23) ao deputado licenciado e presidente nacional do PPS Roberto Freire no comando do Ministério da Cultura. A cerimônia de posse foi realizada em um evento fechado no Palácio do Planalto.



Freire substituiu o diplomata de carreira Marcelo Calero, que pediu demissão na última sexta (18) alegando que sofreu pressões do ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima, para liberar uma obra em Salvador embargada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). O ex-titular da Cultura disse em entrevista ao jornal “Folha de S.Paulo” e confirmou posteriormente em um evento com artistas no Rio de Janeiro que o motivo principal de sua saída da Esplanada dos Ministérios foi a pressão que sofreu de Gedel para liberar um empreendimento imobiliário de alto luxo na capital baiana no qual o ministro da articulação política tinha comprado um apartamento.



Veja Também: Comissão estuda apresentar PEC e projeto de lei para limitar supersalários



Geddel admitiu que é proprietário de um apartamento no empreendimento, confirmou que procurou o então ministro da Cultura para tratar do embargo à obra, mas negou que tivesse pressionado Calero para liberar a construção do edifício.



Curta nossa Fanpage no Facebook


Publicidade

© 2016 - Jornal NC. Todos os direitos reservados