Volkswagen mostra Golf de 400 cv e anuncia nova família de carros

Montadora diz que investirá R$ 7 bi no Brasil até 2020. No Salão, mostrou poucos lançamentos.

Publicado em 09/11/2016

A Volkswagen anunciou nesta terça-feira (8), no Salão do Automóvel 2016, que investirá 7 bilhões de reais até 2020 no Brasil, para uma nova família de carros compactos, que inclui um SUV.



Focando no futuro, a montadora não trouxe nenhum grande lançamento para o evento, mas apostou em conceitos. Um dos destaques foi o elétrico Budd-e. É uma “nova Kombi” com interior futurista, que foi apresentada em janeiro deste ano na feira de tecnologia CES, nos Estados Unidos.



Para os fãs de supercarros, a maior atração é outro conceito, o Golf GTE Sport, um híbrido com 400 cavalos de potência.
Ele é empurrado por um motor 1.6 TSI, derivado do propulsor usado no mundial de rali, aliado a dois motores elétricos.
O modelo, que aponta para o futuro do Golf GTI, acelera a 100 km/h em 4,3 segundos e atinge 280 km/h de velocidade máxima, segundo a fabricante.



Veja Também: Vendas do Cruze Sport 6 começam em dezembro





No entanto, ele não é inédito: foi mostrado pela primeira vez em maio de 2015, na Alemanha.
Além dele, os visitantes poderão ver um carro conceito brasileiro, feito pelo time de design concentrado em São Bernardo do Campo (SP).



Poucos lançamentos


De novidades concretas, a Volkswagen mostra novas versões Track para Gol e Up!, que trazem acabamento com visual “aventureiro”. Serão exibidos também o CrossFox Urban White, o Golf com motor 1.0 turbo e a linha 2017 da picape Amarok.
O Gol empresta o desenho frontal da picape Saveiro, renovada neste ano, para a versão “aventureira” Track. O resultado curioso terá posicionado entre as linhas Comfortline e Highline, com motor 1.0 de 3 cilindros.
Já o compacto Up! apresenta pela primeira vez o sobrenome Track, com os tradicionais detalhes visuais que aparecem em concorrentes do mesmo tipo: apliques e molduras nas caixas de roda.



Curta nossa Fanpage no Facebook



Publicidade

© 2016 - Jornal NC. Todos os direitos reservados