Volkswagen terá de devolver R$ 83 mil por causa da Kombi Last Edition



Publicado em 02/09/2016

Quando a Volkswagen teve de encerrar a produção da Kombi, a empresa criou uma edição especial do comercial leve, chamada Kombi Last Edition. Tratava-se de um lote exclusivo de 600 exemplares, cujo preço era praticamente o dobro do sugerido para a versão comum.
Quando a demanda aumentou, a Volkswagen ampliou o lote de 600 para 1.200 unidades. Foi aí que um consumidor de Minas Gerais – residente em Santo Antônio do Monte – se sentiu lesado, pois alegou ter comprado o veículo por ser de um lote limitado e direcionado para colecionadores. Com o aumento do lote, o veículo acabou desvalorizado.

Veja Também: JAC S2 ganha nova logomarca – Crossover chega ao Brasil em 2017


Na época, o preço da versão comum era de R$ 47.833 ante os R$ 85.000 da série Last Edition, mais cara por conta de ser focada em colecionadores. O consumidor entrou com uma ação na justiça mineira e agora, a 16ª Vara Cível do Tribunal de Justiça condenou a montadora a devolver R$ 83 mil ao cliente.
Além disso, o consumidor terá de devolver o veículo em contrapartida. A justiça entendeu que por ser uma série limitada e final, o consumidor efetuou a compra motivada pela exclusividade, pois do contrário, teria adquirido a versão comum por conta da utilidade, sendo esta bem mais barata. Por fim, o aumento da oferta “reduziu drasticamente o caráter diferencial do bem”.Curta nossa Fanpage no Facebook


Publicidade

© 2016 - Jornal NC. Todos os direitos reservados