Após um mês, consulta sobre “Escola sem Partido” ainda tem maioria contra

A segunda proposta com mais participação no site, com 191.532 manifestações, é a do projeto que propõe a reformulação da lei do Ato Médico

Publicado em 25/08/2016

A consulta pública sobre o polêmico projeto de lei que institui o programa Escola sem Partido entre as diretrizes e bases da educação completou um mês nessa quinta-feira (18). Até a manhã de hoje (19), a votação já tinha ultrapassado 373 mil participações, sendo 192.256 votos contrários e 180.943 a favor.
Em apenas quatro dias de debate, a consulta sobre a proposta-- que defende a “neutralidade do ensino” por meio da proibição de suposta “doutrinação ideológica” nas escolas-- já havia batido o recorde de participações, se tornando a maior da história portal do Senado Federal. No início, os votos contrários chegaram a tomar a liderança.


Veja Também: Aluno de enfermagem em situação de rua consegue emprego em hospital de SP

A segunda proposta com mais participação no site, com 191.532 manifestações, é a do projeto que propõe a reformulação da lei do Ato Médico.Curta nossa Fanpage no Facebook

Publicidade

© 2016 - Jornal NC. Todos os direitos reservados