Verizon compra Yahoo! por US$ 4,8 bi; missão é superar Facebook e Google

A aquisição do Yahoo faz parte da estratégia da Verizon para criar uma concorrência forte o suficiente para bater de frente com as gigantes como o Google e o Facebook

Publicado em 28/07/2016

A Yahoo!, que integra a lista de serviços mais famosos da história da Internet e possui o terceiro site de buscas mais usado do mundo será comprada pela Verizon, uma das maiores operadoras de telefonia e provedora de Internet dos Estados Unidos, por US$ 4,83 bilhões (cerca de R$ 15,87 bilhões). O acordo foi oficializado nesta segunda-feira (25), mas só deve operar em 2017.
A aquisição do Yahoo faz parte da estratégia da Verizon para criar uma concorrência forte o suficiente para bater de frente com as gigantes como o Google e o Facebook— líderes em digital ads. Ou seja, o foco é aumentar a fatia no setor de publicidade online. A provedora já havia comprado outra plataforma conhecida, a AOL, em 2015, mas ainda não se sabe se a marca será absorvida e seus serviços renomeados. A tendência da Verizon, até agora, tem sido de manter seus novos ativos — fruto de aquisições como essa — com suas marcas originais. Uma das possibilidades é que tanto o Yahoo quanto a Verizon sejam fundidas em um único serviço que, aliado aos recursos da própria Verizon, seria grande o suficiente para ameaçar seus rivais e teria, inicialmente, mais de um bilhão de usuários.

Veja Também: TP-Link lança extensor de WiFi que tem alcance de 3 km²

O portal do Yahoo oferece vários tipos de produtos de comunicação diferentes, como notícias, e-mail, o Yahoo! Messenger e seu serviço de buscas Yahoo! Search, que perde apenas para o Google e o Bing. Além disso, a marca é dona do Flickr e do Tumblr — plataformas de fotos e blog. A compra engloba a marca do Yahoo!, mas alguns ativos da empresa não estão inclusos na transação, como ações dela no grupo chinês Alibaba e na Yahoo Japan. A expectativa é que o grupo troque de nome após a conclusão da venda em 2017.
O que muda para o usuário Yahoo?
Até agora, a Verizon não anunciou qualquer mudança nas operações dos serviços do portal que possa impactar o funcionamento para usuários finais. A expectativa, entretanto, é que, com o tempo, eles recebam novos recursos de integração com outros serviços da provedora.
Os US$ 4,83 bilhões pagos pelo Yahoo! são um valor mais alto do que o que o mercado julgava ser o tamanho atual da plataforma, que seria de US$ 3,9 bilhões, segundo o Wall Street Journal.

Curta nossa Fanpage no Facebook


Publicidade


Contato

Telefone
(11) 98983-6042

Endereço
Edifício Beta Trade
Rua Caldas Novas, 50, Sala 175,
Bethaville I - SP, CEP 06404-301.


©2014 2018 - Jornal NC. Todos os direitos reservados