Secretaria de Saúde confirma morte de macaco por febre amarela no sul de MG

Nesta terça-feira (5) a Secretaria Municipal de Saúde de Extrema, sul de Minas Gerais, confirmou ao Minha Vida a morte de um macaco, encontrado há 15 dias na cidade, infectado com febre amarela.

Publicado em 07/12/2017

Os casos de febre amarela têm se espelhado por toda região sudeste brasileira e está causando alerta em toda população. Nesta terça-feira (5) a Secretaria Municipal de Saúde de Extrema, sul de Minas Gerais, confirmou ao Minha Vida a morte de um macaco, encontrado há 15 dias na cidade, infectado com febre amarela.
De acordo com as informações divulgadas, o macaco havia sido encontrado em uma mata no Pico dos Cabritos, um ponto turístico da cidade. Por esse motivo, a Prefeitura de Extrema anunciou que, por meio da Secretaria de Saúde, está realizando a Campanha de Vacinação de Febre Amarela.

Veja Também:Uso do remédio Omeprazol dobra risco de câncer, revela pesquisa

Portanto, quem nunca recebeu nenhuma dose da vacina de febre amarela. A campanha será retomada hoje, dia 6 de dezembro. Todos os moradores de Extrema de 9 meses a 59 anos poderão ser vacinados, exceto gestantes e lactantes. Para receber a vacina basta ir até a unidade de saúde mais próxima. Segundo a prefeitura, é preciso levar a carteira de vacinação para atualização e para quem já tem pelo menos 1 dose na carteira, não precisa participar.

Curta nossa Fanpage no Facebook


Publicidade


Contato

Telefone
(11) 98983-6042

Endereço
Edifício Beta Trade
Rua Caldas Novas, 50, Sala 175,
Bethaville I - SP, CEP 06404-301.


©2014 2018 - Jornal NC. Todos os direitos reservados