Saúde de Barueri oferece tratamento terapêutico para adolescentes com depressão



Publicado em 12/05/2017

Considerada um mal silencioso, a depressão ainda é uma doença pouco compreendia, pois não é acompanhada somente em casos de entristecimento, mas também por outros sintomas que podem ser confundidos com a rebeldia em algumas fases da vida, como na infância e adolescência.

Dados estatísticos indicam que a depressão afeta de 2 a 3% das crianças, e de 4 a 8% dos adolescentes.

De acordo com a equipe técnica do Caps Trilha - Centro de Atenção Psicossocial para Infância e Adolescência - os sintomas variam dependendo do nível de desenvolvimento biológico.

Crianças e adolescentes que apresentarem episódios de entristecimento, queda no rendimento escolar, alteração no sono ou no apetite, devem ser avaliados para eventual tratamento com apoio psicoterápico.

Veja Também: Lula dá depoimento a Moro como réu da Lava Jato

O Centro de Atenção Psicossocial Infanto-Juvenil oferece apoio para pessoas com transtornos mentais graves e persistentes e acolhe casos de depressão.

Com atendimento gratuito, o Caps é aberto a toda comunidade, não sendo necessário um encaminhamento médico ou agendamento para ter acesso ao primeiro atendimento. São ofertadas diferentes propostas de tratamento em espaços que oportunizam encontros entre adolescentes, que trocam experiências e refletem sobre suas vivências, sempre compartilhadas com suporte técnico de profissionais. Mais informações pelo telefone 4199-8106.


Publicidade


Contato

Telefone
(11) 98983-6042

Endereço
Edifício Beta Trade
Rua Caldas Novas, 50, Sala 175,
Bethaville I - SP, CEP 06404-301.


©2014 2018 - Jornal NC. Todos os direitos reservados