Rajoy quer manter o controle sobre governo da Catalunha

A Catalunha elegeu um novo presidente para a Generalitat governo da comunidade autônoma

Publicado em 16/05/2018

Quim Torra se encontrará com o seu antecessor, Carles Puigdemont, na Alemanha. Ambos são separatistas e querem a independência da região.
O primeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy, se reuniu com o líder do PSOE, Pedro Sánchez, para definir estratégias sobre como manter o controle da Generalitat.
Quim Torra, em seu discurso de posse, repetiu diversas vezes que o presidente legítimo da Catalunha é Carles Puigdemont, o pivô do desafio independentista, que está autoexilado na Alemanha. Em seu primeiro ato como presidente, Torra visitará Puigdemont, em Berlim.

Veja Também: Distúrbios do 1º de maio deixam mais de 100 pessoas detidas em Paris

Eleito com 66 votos a favor (dos partidos independentistas Juntos pela Catalunha e Esquerda Republicana) e 65 contra, Torra prometeu dar sequência à criação da República Catalã e restituir todos os políticos que foram destituídos com a aplicação do artigo 155, da Constitução da Espanha, no final do ano passado, quando Puigdemont realizou um referendo considerado ilegal pelo governo central. Rajoy e Sánchez indicaram que podem voltar a aplicar o artigo 155 da Constituição, que permitiu suspender temporariamente a autonomia da Catalunha; destituir Puigdemont e diversos conselheiros envolvidos na tentativa independentista; e convocar novas eleições.

Curta nossa Fanpage no Facebook


Publicidade


Contato

Telefone
(11) 98983-6042

Endereço
Edifício Beta Trade
Rua Caldas Novas, 50, Sala 175,
Bethaville I - SP, CEP 06404-301.


©2014 2018 - Jornal NC. Todos os direitos reservados