Quantidade de bolsas do ProUni foi reduzida neste ano



Publicado em 29/01/2016

O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, afirmou no dia 22 de janeiro que a queda de cerca de 4% na oferta de bolsas por meio do Programa Universidade para Todos (ProUni) deve-se à reprovação da qualidade de 97 instituições de ensino superior que estão sob supervisão do Ministério da Educação (MEC).
“Não vamos dar bolsa onde não tem qualidade. É um investimento do estado, está tendo isenção fiscal. Então, queremos que os alunos tenham a bolsa do ProUni, do Fies [Fundo de Financiamento Estudantil], sempre com qualidade nos cursos. Não abrimos mão da qualidade”, disse o ministro, pouco antes de participar de encontro com secretários de Educação da Grande São Paulo, no auditório da Biblioteca Mário de Andrade, no centro da capital paulista.
Mercadante destacou, no entanto, que, no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), houve crescimento de 10%, com a oferta de 228 mil vagas. Concorrendo ao Sisu, os participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) podem ingresso em universidades públicas.

Veja Também: “É melhor eleger um mágico”, diz Haddad sobre passe livre

De acordo com o ministro, 340 instituições estão sob supervisão do MEC e têm de fazer o Termo de Ajustamento de Conduta. Isso, na prática significa que essas instituições de ensino têm de comprovar sua adequação ao padrão de qualidade exigido.
De acordo com alguns estudantes que se candidataram às vagas no sistema este ano, tinham muitas vagas em instituições consideradas menos conceituadas, enquanto outras instituições que antes eram bem concorridas, nem apareceram no sistema. Essa redução se explica pelo fato de que os cursos costumam ser mais caros em instituições mais conceituadas que acabaram sendo cortadas do programa por conta do corte de gastos do governo.
Curta nossa Fanpage no Facebook


Publicidade


Contato

Telefone
(11) 98983-6042

Endereço
Edifício Beta Trade
Rua Caldas Novas, 50, Sala 175,
Bethaville I - SP, CEP 06404-301.


©2014 2018 - Jornal NC. Todos os direitos reservados