Proposta para taxar streaming está em desenvolvimento



Publicado em 23/03/2016

Até julho, a Ancine (Agência Nacional do Cinema) deve apresentar o projeto de lei com o objetivo de regulamentar os serviços de vídeo sob demanda, como a Netflix e o Net Now. Dados da instituição revelam que as plataformas do gênero movimentaram receitas de R$ 503 milhões no Brasil em 2015.
O projeto ainda está em discussão com outros ministérios, como o da Fazenda e da Casa Civil, e ainda não foi excluída a possibilidade de o YouTube entrar na lista das plataformas reguladas. O novo marco regulatório deverá estabelecer cotas para produções nacionais, criar um novo tributo para as empresas do setor.


Veja Também: Erro de ortografia faz hackers serem descobertos em assalto de US$ 850 milhões

O tema foi abordado na sexta-feira passada, 11, pela diretora do órgão, Rosana Alcântara, durante o Rio Content Market, feira de negócios do audiovisual.Curta nossa Fanpage no Facebook


Publicidade


Contato

Telefone
(11) 98983-6042

Endereço
Edifício Beta Trade
Rua Caldas Novas, 50, Sala 175,
Bethaville I - SP, CEP 06404-301.


©2014 2018 - Jornal NC. Todos os direitos reservados