Proibidas de andar de bicicleta, meninas afegãs encontram liberdade no skate

O sucesso da iniciativa levou a ONG a atuar também no Camboja e na África do Sul

Publicado em 10/03/2016

Em muitas comunidades afegãs, é um costume proibir as mulheres de andar de bicicleta. Mas, muitas vezes, o que elas perdem nesse caso é um meio de transporte. A ONG Skateistan, localizada em Cabul, Afeganistão, está encontrando uma outra maneira de dar mais liberdade às meninas do país: ensiná-las a andar de skate.
A nova atividade tem como fim torná-las mais envolvidas com a escola, mas também serve como uma ótima fonte de diversão e exercício físico. Mais de 50% das crianças atendidas pelo programa trabalham na rua e mais de 40% destas são meninas. O sucesso da iniciativa levou a ONG a atuar também no Camboja e na África do Sul.

Veja Também: Denúncia de agressão contra mulher poderá justificar pedido de cirurgia plástica

Como uma maneira de mostrar a realidade destas garotas e o impacto do skate em suas vidas, a fotógrafa Jessica Fulford-Dobson criou uma série em que mostra as garotas aprendendo a usar o skateboard na sede na ONG. As imagens são inspiradoras e mostram o empoderamento das meninas diante da nova atividade.
Curta nossa Fanpage no Facebook


Publicidade


Contato

Telefone
(11) 98983-6042

Endereço
Edifício Beta Trade
Rua Caldas Novas, 50, Sala 175,
Bethaville I - SP, CEP 06404-301.


©2014 2018 - Jornal NC. Todos os direitos reservados