Polícia Federal deflagra operação que investiga parente de Lula e a Odebrecht

Através da Operação Janus, a PF investiga contratos da Odebrecht com uma empresa Santista

Publicado em 20/05/2016

Nesta sexta-feira, dia 20 de maio, a Polícia Federal deflagrou uma operação, chamada Janus – referência ao Deus romano Janus - para investigar um suposto tráfico de influência envolvendo pessoas ligadas ao ex-presidente Lula. São quatro mandatos de busca e apreensão, dois com condução coercitiva em Santos (SP). Uma dos levados a depor é Taiguara Rodrigues dos Santos, sobrinho da primeira mulher de Lula.
A operação investiga contratos da Odebrecht com uma empresa de Santos, que foram usados para o pagamento de supostas vantagens indevidas. A empresa, de pequeno porte, teria sido contratada pela empreiteira para reformar a hidrelétrica Cambambe, em Angola, com financiamento de US$ 464 milhões no BNDES.

Veja Também: Cunha diz que gastos no exterior foram pagos com cartão de crédito da esposa
A ação é desdobramento da investigação do Ministério Público Federal sobre suposta propina paga pela Odebrecht, entre os anos de 2011 e 2014, em troca de facilidades para empréstimos do BNDES.
Para a investigação, apenas pelos serviços nas obras de reforma do complexo hidrelétrico de Cambambe, a empresa teria recebido R$ 3,5 milhões. A obra recebeu do BNDES financiamento que totalizava US$ 464 milhões.Curta nossa Fanpage no Facebook


Publicidade


Contato

Telefone
(11) 98983-6042

Endereço
Edifício Beta Trade
Rua Caldas Novas, 50, Sala 175,
Bethaville I - SP, CEP 06404-301.


©2014 2018 - Jornal NC. Todos os direitos reservados