ONU denuncia situação “aterrorizante” em região controlada pelo Boko Haram



Publicado em 14/04/2016

Coordenador humanitário da ONU para o Sahel, Toby Lanzer, denunciou nesta terça-feira (12), a “aterrorizante” situação que se vive nas áreas rurais controladas pelo grupo terrorista Boko Haram na Nigéria, nos Camarões, no Chade e no Níger.
“É uma situação que vai além da crise de fome, nunca vimos um lugar mais necessitado de todos os que vimos”, declarou Lanzer durante uma entrevista coletiva na sede das Nações Unidas.
Faltando três dias para o segundo aniversário do sequestro de 200 meninas em Chibok (Nigéria) pelo Boko Haram, o Unicef publicou hoje um relatório no qual denuncia que os terroristas utilizaram crianças em um de cada cinco atentados suicidas cometidos no ano passado na região, um número dez vezes superior ao registrado em 2014.

Veja Também: Sequestro de avião egípcio termina com prisão de passageiro

“Perante isto devemos fazer tudo o que esteja em nosso alcance para ajudar às autoridades da região e ao povo que vive nesta situação aterrorizante”, afirmou o representante da ONU, que lembrou que toda a comunidade internacional deve mobilizar-se para dar apoio.
“Precisamente nesta terça-feira, o porta-voz adjunto do Departamento de Estado dos Estados Unidos, Mark Toner, emitiu uma mensagem de lembrança pelo segundo aniversário do sequestro das meninas nigerianas e reiterou o apelo de seu país à libertação imediata de todos os reféns do Boko Haram.
Curta nossa Fanpage no Facebook


Publicidade


Contato

Telefone
(11) 98983-6042

Endereço
Edifício Beta Trade
Rua Caldas Novas, 50, Sala 175,
Bethaville I - SP, CEP 06404-301.


©2014 2018 - Jornal NC. Todos os direitos reservados