Ministro do Supremo abre inquérito para apurar denúncia contra Kassab

A investigação será pelos crimes de corrupção e falsidade ideológica eleitoral

Publicado em 08/02/2018

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes determinou hoje (2) abertura de inquérito para investigar o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, pelos crimes de corrupção e falsidade ideológica eleitoral. Moraes atendeu a um pedido feito pela Procuradoria-Geral da República.

Veja Também: Cabral recorre ao Supremo para anular transferência para presídio em Curitiba

O inquérito foi aberto com base em depoimentos dos ex-executivos do grupo J&F Wesley Batista e Ricardo Saud, que fizeram acordo de colaboração com a Justiça. De acordo com os delatores, Kassab recebeu pagamentos mensais de propina em torno de R$ 350 mil, desde 2009, por meio de uma empresa de consultoria, sem nenhuma contraprestação. Nos depoimentos, os delatores também afirmaram que o apoio político do ministro foi comprado pelo PT nas eleições de 2014.

Curta nossa Fanpage no Facebook


Publicidade


Contato

Telefone
(11) 98983-6042

Endereço
Edifício Beta Trade
Rua Caldas Novas, 50, Sala 175,
Bethaville I - SP, CEP 06404-301.


©2014 2018 - Jornal NC. Todos os direitos reservados