MPF denuncia ex-secretario do PT e mais quatro na Lava Jato

A força-tarefa de procuradores da Operação Lava Jato denunciou o ex-secretário do PT

Publicado em 09/11/2016

A força-tarefa de procuradores da Operação Lava Jato denunciou o ex-secretário do PT Silvio Pereira e mais quatro investigados pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. Caberá ao juiz federal Sérgio Moro decidir se os acusados passarão à condição de réus.



Veja Também: Temer: relações com EUA são institucionais e nada mudará com eleição de Trump



De acordo com a denúncia, em 2004, a empreiteira GDK pagou R$ 6,8 milhões de propina aos ex-diretores da Petrobras Renato Duque, Pedro Barusco e a Sílvio Pereira para ser favorecida em uma licitação para obras em um campo gás da estatal. Em troca do suposto favorecimento, Pereira recebeu um carro da marca Land Rover, segundo a acusação.



O recebimento do carro foi investigado no inquérito da Ação Penal 470, o mensalão, em 2005, mas a Procuradoria-Geral da República (PGR) fez um acordo judicial e Silvio Pereira não foi julgado. No entanto, durante as investigações da Lava Jato, delatores afirmaram que Pereira era responsável por acompanhar os contratos da Petrobras em nome do PT.



Curta nossa Fanpage no Facebook






Publicidade


Contato

Telefone
(11) 98983-6042

Endereço
Edifício Beta Trade
Rua Caldas Novas, 50, Sala 175,
Bethaville I - SP, CEP 06404-301.


©2014 2018 - Jornal NC. Todos os direitos reservados