Mãe e filho lutam na Justiça para manter relacionamento amoroso

Mãe e filho alegam que sofrem de uma condição rara chamada atração sexual genética

Publicado em 10/08/2016

Apaixonados, Monicas Mares, de 36 anos, e seu filho Caleb Peterson, de 19, estão gerando revolta no Novo México, nos Estados Unidos. Isso porque o casal luta na Justiça para conseguir manter o relacionamento.

De acordo com as informações do Daily Mail, Monica deu à luz aos 16 anos e colocou seu filho para adoção. Muitos anos depois, no entanto, eles acabaram se reencontrando e foi amor à primeira vista.

“Nós demos as mãos e acabamos nos beijando” disse a mulher em entrevista ao tabloide britânico. “Parece que eu conheci alguém novo em minha vida e sinto que estou apaixonada por ele”, acrescentou. Ela afirma, contudo, que nada teria acontecido se Caleb não tivesse sido adotado.
E o afeto entre eles é tão grande que o ex-marido de Monica, e pai de dois de seus nove filhos, Dayton Chavez, aprova o namoro. “Eu os apoio. Gostaria que o governo parasse de se meter na vida deles e deixasse eles viverem suas vidas normalmente”, comentou.

Veja Também: Tensão Racial: Pesquisa mostra que negros têm até três vezes mais chances de serem mortos por policiais do que brancos nos EUA

Mãe e filho alegam que sofrem de uma condição rara chamada atração sexual genética, e que por isso a relação deveria ser considerada legal.

Acusados de incesto, Monica e Caleb podem ser condenados a um ano e meio de prisão e multados em US$ 5 mil (cerca de R$ 15,7 mil).


Publicidade


Contato

Telefone
(11) 98983-6042

Endereço
Edifício Beta Trade
Rua Caldas Novas, 50, Sala 175,
Bethaville I - SP, CEP 06404-301.


©2014 2018 - Jornal NC. Todos os direitos reservados