Joanna decide deixar clube após chegada de cartola que foi preso

A nadadora Joanna Maranhão anunciou nesta quarta-feira seu desligamento da Unisanta, clube que defendeu na última temporada

Publicado em 25/01/2018

O contrato venceu no fim do ano passado e ela decidiu não renová-lo devido à chegada de Ricardo de Moura para coordenar a equipe. O cartola ocupava o cargo de superintendente da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA) e era o braço direito do ex-presidente Coaracy Nunes na gestão anterior. Ambos foram presos na Operação Águas Claras, no ano passado, por corrupção. Ele recebeu um habeas corpus em junho.

Veja Também: Paulo César Carpegiani é o novo técnico do Flamengo

Uma das críticas dos atletas a Ricardo era de que ele fechava as portas a seus desafetos. O dirigente era encarregado de controlar convocações, patrocínios e até mesmo indicações para o Bolsa Pódio, o que a nadadora só foi conseguir quando ele deixou a confederação, ao ser preso. Oficialmente, a Unisanta nega que Ricardo de Moura seja contratado do clube. Mas, de acordo com pessoas ligadas à agremiação confirmaram que Ricardo já está dividindo com o treinador-chefe Márcio Latuf o papel de coordenar a equipe, tirando do técnico funções burocráticas.

Curta nossa Fanpage no Facebook


Publicidade


Contato

Telefone
(11) 98983-6042

Endereço
Edifício Beta Trade
Rua Caldas Novas, 50, Sala 175,
Bethaville I - SP, CEP 06404-301.


©2014 2018 - Jornal NC. Todos os direitos reservados