Israel fecha fronteira com Gaza após disparos de foguetes palestinos

O fechamento foi a resposta a disparos diários de foguetes vindos do enclave na última semana, depois que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, reconheceu Jerusalém como capital israelense

Publicado em 15/12/2017

Israel anunciou o fechamento da fronteira com Gaza nesta quinta-feira dia 14 em resposta a disparos diários de foguetes vindos do enclave na última semana, depois que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, reconheceu Jerusalém como capital israelense, provocando raiva nos palestinos. Aviões israelenses atingiram três instalações do Hamas, grupo militante que controla a Faixa de Gaza, antes do amanhecer na quinta-feira, depois dos mais recentes disparos de mísseis, disseram as Forças Armadas de Israel.

Veja Também: Presidente do Peru anuncia que receberá CPI que investiga a Lava Jato no país

Elas afirmaram que tiveram como alvos um campo de treinamento e locais onde eram armazenadas armas.
O Hamas geralmente retira as pessoas dessas instalações quando aumentam as tensões na fronteira.
Dois dos foguetes disparados por militantes foram interceptados pelo sistema anti-mísseis de Israel e um terceiro explodiu em um descampado. Não houve relatos de mortes em ambos os lados da fronteira. Não foi informado quando as passagens seriam reabertas.


Curta nossa Fanpage no Facebook





Publicidade


Contato

Telefone
(11) 98983-6042

Endereço
Edifício Beta Trade
Rua Caldas Novas, 50, Sala 175,
Bethaville I - SP, CEP 06404-301.


©2014 2018 - Jornal NC. Todos os direitos reservados