Grécia faz pedido formal para o fundo de resgate da zona do euro

Proposta será avaliada pela Comissão Européia, Banco Central Europeu e o FMI

Publicado em 10/07/2015

Segundo a agência France Press, o pedido foi feito para um novo programa de três anos. Porém, o Mecanismo Europeu de Estabilidade ainda não informou oficialmente os detalhes do pedido.

Na última terça-feira (7), o presidente do Eurogrupo, Jeroen Dijsselbloem, afirmou que após o pedido chegar ao
Mecanismo Europeu de Estabilidade seria convocada “de imediato” uma reunião, dos ministros das Finanças da zona do euro para começar o processo de avaliação do pedido. No entanto, o que está previsto agora é apenas uma reunião do grupo de trabalho do Eurogrupo, formado pelos vice-ministros das Finanças, a ser realizada no início da tarde. O pedido formal de ajuda do governo grego ao fundo do euro é o primeiro passo exigido pelos líderes das instituições da região para aceitar avaliar um terceiro pacote de resgate para Atenas.


Para obter a nova ajuda, o Executivo liderado por Alexis Tsipras tem ainda de apresentar, até quinta-feira (9), propostas concretas de reformas que está disposto a executar em troca do novo pacote financeiro.


Essas medidas serão avaliadas pela Comissão Europeia, o Banco Central Europeu e o Fundo Monetário Internacional (FMI). Tudo isso deverá ocorrer até domingo (12), quando está marcada nova cúpula.


Se houver um acordo até domingo quanto às medidas a serem adotadas pela Grécia em troca de novas medidas, haverá uma reunião só da zona do euro, para dar apoio político a um terceiro resgate.


Se não houver acordo, ocorrrerá uma cúpula com os chefes de Estado e de Governo dos 28 países da União Europeia, para avaliar as consequências na comunidade de um Grexit e preparar um plano de ajuda humanitária a Atenas.


Publicidade


Contato

Telefone
(11) 98983-6042

Endereço
Edifício Beta Trade
Rua Caldas Novas, 50, Sala 175,
Bethaville I - SP, CEP 06404-301.


©2014 2018 - Jornal NC. Todos os direitos reservados