Governo Dilma: brasileiros perdem credibilidade em líderes

Investigações Lava Jato podem ter contribuído com a rejeição em massa ao governo

Publicado em 30/10/2015

O momento não é favorável para o governo de Dilma. Uma pesquisa de opinião realizada pela CNT/MDA revelou que apenas 8,8% dos entrevistados têm uma visão positiva do governo, enquanto que 70% o rejeitam.
Em meio a crise política e econômica no qual o país se encontra, a população demonstra indignação e insatisfação para com qualquer nome importante do cenário político em querer eleger-se como o próximo representante. Feita uma análise dos dados, é conclusiva a procura do Brasil por um novo líder.
Segundo uma pesquisa divulgada pelo Ibope nesta segunda-feira, dia 26 de outubro, a rejeição aos nomes mais conhecidos do cenário político está em ascensão, independente do partido. Aécio Neves (PSDB), por exemplo, viu sua rejeição subir de 47% para 54% desde maio do ano passado.

Veja Também: Dilma veta projeto de regulamentação da profissão do designer

O envolvimento de nomes importantes do partido de Dilma nas investigações Lava Jato, contribui para o descontentamento por parte da população. “O Brasil está desconfiado”, afirmou o cientista político Rubens Figueiredo, que acredita que o desgaste de Lula está intimamente ligado ao fato de a presidenta ter assumido um programa Governo diferente daquele com o qual foi eleita.
Como se não bastasse, para Jean Castro, também cientista político, os momentos de crise de representatividade são propícios ao surgimento de nomes externos ao cenário politico. “Se as tendências atuais continuam, há a possibilidade do surgimento de um candidato novo, um nome de notoriedade pública, de um justiceiro. Outros países viveram isso”, diz.

Curta a nossa Fanpage no Facebook e fique por dentro das notícias!






Publicidade


Contato

Telefone
(11) 98983-6042

Endereço
Edifício Beta Trade
Rua Caldas Novas, 50, Sala 175,
Bethaville I - SP, CEP 06404-301.


©2014 2018 - Jornal NC. Todos os direitos reservados