Ganha Tempo recebe exposição do modernismo brasileiro

Exposição faz uma linha do tempo dos 100 anos do modernismo brasileiro

Publicado em 25/01/2018

Está em cartaz no Ganha Tempo a exposição Sementes do Modernismo Brasileiro. A exposição celebra o movimento modernista com releituras, pinturas e desenhos feitos por artistas de Barueri, como também, por alunos das Oficinas de Artes e do Ensino Fundamental Municipal. Além disso, estão inclusos cartazes explicativos e recortes de jornais que mostram a história do modernismo no Brasil. Fazendo, assim, uma linha do tempo que vai desde 1913, com a primeira exposição de Lasar Segall em São Paulo, até 1945, com o fim simbólico de modernismo marcado pela morte de Mário de Andrade. Entre as releituras, estão os quadros mais icônicos do movimento, como o Abaporu, de Tarsila do Amaral, e ainda obras dos pintores Lasar Segall, Portinari, Alfredo Volpi, Di Cavalcanti, Vistor Brecheret e Aldemir Martins.

Veja Também: Programas culturais no Sesc Osasco para embalar as suas férias

Com curadoria do artista plástico, Edgard Santo Moretti, a exposição Sementes do Modernismo Brasileiro ficou em cartaz na Galeria de Artes do Teatro Municipal de Barueri entre os meses de setembro e outubro de 2017. Também no ano passado, a exposição foi remontada por uma curta temporada no hall da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), na penúltima semana de outubro.

Localização do Ganha Tempo
Av. Henriqueta Mendes Guerra, número 550, Centro de Barueri, a exposição chega em volume reduzido para adequar as obras ao fluxo de pessoas que passam pelo espaço. A entrada é gratuita e fica aberta ao público até o dia 05/03, com horário de visitação de segunda à sexta-feira, das 8 às 17 horas.

Curta nossa Fanpage no Facebook



Publicidade


Contato

Telefone
(11) 98983-6042

Endereço
Edifício Beta Trade
Rua Caldas Novas, 50, Sala 175,
Bethaville I - SP, CEP 06404-301.


©2014 2018 - Jornal NC. Todos os direitos reservados