Filha de ex-espião russo envenenado deixa hospital no Reino Unido

A filha do ex-espião russo, Yulia, envenenada em Salisbury, no Reino Unido, deixou o hospital e foi levada para um local seguro

Publicado em 12/04/2018

De acordo com a confirmação pela diretora médica do hospital Salisbury District, Christine Blanshard, Yulia Skripal deixou a unidade de saúde, mas ainda necessita de atenção, por conta do impacto do agente nervoso, embora não tenha fornecido informações sobre seu paradeiro.
Pai e filha foram atacados no início de março com um agente nervoso do tipo militar identificado como Novichok, de fabricação russa, o que levou o governo britânico a fazer represálias contra Moscou. Após conhecer o estado de Yulia Skripal, a embaixada russa em Londres expressou sua satisfação pela sua recuperação, mas pediu “provas urgentes” para saber que o tratamento ao qual foi submetida foi realizado com o seu consentimento. Teste para os funcionários do hospital. O governo da primeira-ministra britânica Theresa May decidiu expulsar no mês passado 23 diplomatas russos, enquanto Moscou fez o mesmo como resposta. A Rússia negou o tempo todo a autoria do ataque, mas o governo de Londres insiste em que suas conclusões estão baseadas nas análises feitas pelo laboratório militar de Porton Down, no condado de Wiltshire, perto de Salisbury, e em informações de outras fontes.

Veja Também: Professor é condenado por treinar crianças para cometer atentados em Londres

Curta nossa Fanpage no Facebook


Publicidade


Contato

Telefone
(11) 98983-6042

Endereço
Edifício Beta Trade
Rua Caldas Novas, 50, Sala 175,
Bethaville I - SP, CEP 06404-301.


©2014 2018 - Jornal NC. Todos os direitos reservados