Estudos apontam que Uber não diminui renda dos taxistas significativamente

Um estudo feito pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) concluiu que a chegada do Uber e de outros apps de transporte individual, não impacta de maneira negativa na atividade dos taxistas

Publicado em 13/11/2017

Um estudo feito pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) divulgado pela Folha de S. Paulo concluiu que a chegada do Uber e de outros apps de transporte individual, tais como Cabify e 99Pop, não impacta de maneira negativa na atividade dos taxistas, pelo menos não significativamente, como acusam as associações de taxistas no Brasil.

O estudo do Cade foi feito nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Brasília e afirma que a chegada desses apps na verdade criou um novo mercado, atraindo usuários que não usavam táxi.

Veja Também: Mais um golpe no WhatsApp agora com a promessa de habilitação grátis

Ou seja, com o preço mais acessível, os apps aumentaram o tamanho do mercado do transporte individual nas localidades pesquisadas, não interferindo diretamente na atividade dos taxistas.

Curta nossa Fanpage no Facebook


Publicidade


Contato

Telefone
(11) 98983-6042

Endereço
Edifício Beta Trade
Rua Caldas Novas, 50, Sala 175,
Bethaville I - SP, CEP 06404-301.


©2014 2018 - Jornal NC. Todos os direitos reservados