Educação revolucionaria: Entenda um pouco mais sobre o eficaz método de ensino na Finlândia



Publicado em 20/10/2017

Quando o assunto é educação, a Finlândia é uma das maiores referências mundiais. O país nórdico está constantemente investindo na evolução de seu sistema educacional e figura sempre nas primeiras posições do Pisa, avaliação internacional que mede o nível educacional de jovens de 15 anos nos países-membros da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Na edição 2015, por exemplo, a Finlândia apareceu em 5º lugar em ciências, 4º em leitura e 12º em matemática.

Mas qual o motivo para o modelo finlandês dar tão certo, ou ser tão bem visto? Para Helmi Halme, estudante finlandesa de 17 anos, o sucesso tem a ver com o incentivo: “A educação é muito valorizada, e isso motiva os estudantes”, avalia. Outro ponto destacado é o horário das aulas. “Na Finlândia, o dia não começa tão cedo”, afirma Ronja Haikarainen. “Em geral, as aulas começam às 8h30 e vão até às 15h ou 16h”, explica Helmi.

Veja Também: Prefeitura inaugura núcleo do Movimento de Alfabetização de Jovens e Adultos

Além de irem para a escola um pouco mais tarde, os alunos finlandeses também contam com mais intervalos que os brasileiros. Após cada aula, eles têm uma pausa que dura cerca de 15 minutos. O sistema educacional finlandês também valoriza muito o aprendizado de línguas estrangeiras, especialmente o inglês. Na escola, os estudantes podem escolher um idioma para estudar além do finlandês e do sueco (línguas oficiais do país).

Curta nossa Fanpage no Facebook


Publicidade


Contato

Telefone
(11) 98983-6042

Endereço
Edifício Beta Trade
Rua Caldas Novas, 50, Sala 175,
Bethaville I - SP, CEP 06404-301.


©2014 2018 - Jornal NC. Todos os direitos reservados