Eduardo Cunha têm contas estrangeiras bloqueadas e caçadas

O presidente da Câmara dos Deputados tem cerca de R$ 9 milhões atribuídos a ele

Publicado em 26/10/2015

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavascki, determinou nesta quinta-feira, dia 22, o bloqueio e sequestro de 2,4 milhões de francos suíços (equivalente a R$ 9 milhões), atribuídos ao presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Com o sequestro das contas que Eduardo Cunha mantinha na Suíça, a Procuradoria Geral da República busca, agora, investigar se Cunha e sua família cometeram o crime de evasão de dívidas, que diz respeito ao desvio de dinheiro ao exterior sem declaração à Receita Federal.

A investigação foi impulsionada após o Ministério Público da Suíça informar que identificou quatro contas em nome do presidente da Câmara no país.

Veja Também: Partidos opositores querem afastamento de Eduardo Cunha

A suspeita é que os valores são decorrentes de propina recebida por Cunha em um contrato da Petrobras para exploração de petróleo em Benin, na África. Segundo a procuradoria, não há dúvidas sobre a titularidade das contas e a origem dos valores.
Na semana passada, em nota à imprensa, Cunha reafirmou que não tem contas no exterior e nunca recebeu “vantagem de qualquer natureza”.Curta a nossa Fanpage no Facebook e fique por dentro das notícias!


Publicidade


Contato

Telefone
(11) 98983-6042

Endereço
Edifício Beta Trade
Rua Caldas Novas, 50, Sala 175,
Bethaville I - SP, CEP 06404-301.


©2014 2018 - Jornal NC. Todos os direitos reservados