Distúrbios da periferia de Paris se estendem a outros municípios da França

Os distúrbios que nas últimas noites tomaram conta da cidade de Aulnay-sous-Bois, em Seine-Saint-Denis

Publicado em 09/02/2017

Os distúrbios que nas últimas noites tomaram conta da cidade de Aulnay-sous-Bois, em Seine-Saint-Denis, na França, após uma suposta agressão de uma patrulha policial a um jovem negro, estenderam-se nesta quarta-feira (8) a outros municípios da periferia de Paris, segundo a agência Efe.
Em Aulnay-sous-Bois, epicentro do protesto, a madrugada foi de calmaria. As autoridades indicaram que o número de incidentes foi menor do que em dias anteriores, mas ainda assim 17 pessoas foram detidas em diversas localidades da periferia da capital francesa.
Na última quinta-feira, uma patrulha da polícia prendeu Theo, de 22 anos, oficialmente por tráfico de drogas. Mas, segundo denúncia do jovem, ele foi agredido pelos agentes, o que o levou a ser hospitalizado e operado. Quatro foram afastados - um deles por ter praticado violência sexual, de acordo com o jornal francês “Le Parisien”.

Veja Também: Croácia fecha fazendas que criavam chinchilas para retirar suas peles

O assunto, que teve grande repercussão na França, foi seguido de várias noites de distúrbios em Aulnay-sous-Bois e que na terça-feira acabou se espalhando para outras localidades.
Segundo o balanço policial, uma dezena de pessoas, na madrugada desta quarta-feira alguns menores de idade, tiveram que ser socorridos com sintomas de intoxicação com monóxido de carbono depois que um grupo de desconhecidos jogou um coquetel molotov no interior de um edifício em Tremblay-en-France.
Nessa mesma cidade, a fachada de uma delegacia policial foi atacada provocando danos materiais, da mesma forma que em outros edifícios e carros da região.Curta nossa Fanpage no Facebook


Publicidade


Contato

Telefone
(11) 98983-6042

Endereço
Edifício Beta Trade
Rua Caldas Novas, 50, Sala 175,
Bethaville I - SP, CEP 06404-301.


©2014 2018 - Jornal NC. Todos os direitos reservados