Dilma pode renunciar nesta sexta-feira (6) e convocar novas eleições em outubro

Em contrapartida, aliados garantem que Dilma não renunciará por novas eleições

Publicado em 03/05/2016

Segundo informações do jornal “O Globo”, a presidente Dilma Rousseff pode pedir novas eleições presidenciais e uma emenda constitucional (PEC) deve ser enviada ao Congresso nos próximos dias para que o plebiscito ocorra no dia 2 de outubro.
A proposta de antecipação das eleições ocorre em meio a desesperança do Palácio do Planalto de conseguir votos suficientes no Senado para barrar o processo de impeachment da petista.
Dilma e alguns ministros, como Jacques Wagner (Casa Civil) e Ricardo Berzoini (Secretaria de Governo), concordam com a ideia de um novo plebiscito, entretanto, movimentos sociais são resistentes a proposta, fato que preocupa a presidente.
Em contrapartida, segundo o Terra, “Aliados garantem que Dilma não renunciará por novas eleições”, ou seja, o líder do PT na Câmara dos Deputados, Afonso Florence, foi categórico ao afirmar que Dilma não pensou em renúncia em nenhum momento desde que chegou ao comando do Palácio do Planalto.

Veja Também: Organismos da ONU manifestam preocupação com situação política no Brasil

“Ela é completamente contra essa medida. Ela não renunciará, porque não quer atribuir legitimidade ao golpe que estão promovendo contra seu governo”, disse Florence.
O senador Humberto Costa admitiu que um grupo de senadores da base aliada apresentou a ideia a Dilma e pediu que ela aceitasse a emenda de antecipar eleições, mas afirmou desconhecer que a presidente estaria pensando em encaminhar a proposta.Curta nossa Fanpage no Facebook


Publicidade


Contato

Telefone
(11) 98983-6042

Endereço
Edifício Beta Trade
Rua Caldas Novas, 50, Sala 175,
Bethaville I - SP, CEP 06404-301.


©2014 2018 - Jornal NC. Todos os direitos reservados