Cunha diz que gastos no exterior foram pagos com cartão de crédito da esposa

Segundo ele, “todos os gastos foram feitos com um cartão de crédito dela”

Publicado em 20/05/2016

Em depoimento ao Conselho de Ética da Câmara dos Deputados, o presidente afastado, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), afirmou que os gastos em viagens no exterior foram pagos apenas com o cartão de crédito da esposa.
O político é alvo de um processo de cassação de mandato por ter mentido em maio de 2015, à Comissão Parlamentar de Inquérito da Petrobras, sobre a propriedade de contas na Suíça, com o dinheiro do povo.
Segundo ele, “Todos os gastos foram feitos com um cartão de crédito dela. Ela não é objeto dessa representação. Vossa Excelência não tem um gasto, não tem cartão de crédito cuja a titularidade seja minha. Eu era apenas dependente de cartão de crédito da minha esposa” afirmou.

Veja Também: Polícia Federal deflagra operação que investiga parente de Lula e a Odebrecht

A estratégia de Eduardo Cunha é negar que ele tenha qualquer relação com as diversas contas descobertas no exterior e atribuídas a ele. A defesa dele alega que trata-se de um truste (tipo de negócio em que terceiros – uma entidade de trusting – passam a administrar os bens do contratante) do qual ele fazia parte.
Durante o conselho de Ética, o deputado afastado alegou que os gastos foram pagos pela esposa, logo ele não pode ser responsabilidade por isso “Não foi feita nenhuma despesa sobre a minha titularidade e eu que sou o objeto de investigação e não a minha esposa, eu não posso aceitar que queira ser estendido aos familiares” afirmou.Curta nossa Fanpage no Facebook


Publicidade


Contato

Telefone
(11) 98983-6042

Endereço
Edifício Beta Trade
Rua Caldas Novas, 50, Sala 175,
Bethaville I - SP, CEP 06404-301.


©2014 2018 - Jornal NC. Todos os direitos reservados