Contra redução da maioridade penal, estudantes fazem protesto em frente ao Congresso

Estudantes criticam forma como Cunha conduziu a votação

Publicado em 10/07/2015

Um grupo de estudantes secundaristas e universitários fez na última terça-feira, (7) uma manifestação em frente ao Congresso Nacional contra a aprovação da proposta de emenda à Constituição (PEC) da redução da maioridade penal para crimes graves.


Os estudantes criticaram a forma como o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), conduziu a votação. Segundo eles, houve um \"golpe\" no rito da Câmara. \"Estamos aqui numa reação à atitude do Eduardo Cunha que no dia 30, ao ser derrotado na votação, preparou um golpe no Parlamento, um golpe antidemocrático e que vai contra o rito da Câmara para impor a sua vontade.\"


Para Daniele Oliveira, estudante de direito da Universidade Federal Fluminense, em vez de reduzir a maioridade, uma alternativa seria aumentar os investimentos em educação no país. “Parece que prevalece cada vez mais o pensamento de que a gente precisa punir os adolescentes em vez de educá-los. Alimenta-se a lógica de que o adolescente se torna punível antes de ser educado.”


Ela defendeu as medidas previstas no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) que prevê medidas punitivas, mas associadas a medias educativas como forma de ressocialização de adolescentes que cometem crimes.


Publicidade


Contato

Telefone
(11) 98983-6042

Endereço
Edifício Beta Trade
Rua Caldas Novas, 50, Sala 175,
Bethaville I - SP, CEP 06404-301.


©2014 2018 - Jornal NC. Todos os direitos reservados