Consumo de carne processada aumenta o risco de câncer, segundo OMS

Prepare-se para dizer tchau para hambúrgueres, bacon e presunto

Publicado em 28/10/2015

A Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou, nesta segunda-feira (26), que carnes processadas como salsisha, presunto, hambúrguer, bacon, entre outros, são classificadas como alimentos de provável risco cancerígeno.
A decisão, tomada pela Agência Internacional de Pesquisa do Câncer (IARC), teve por base evidências de que o alto e frequente consumo de carne processada provoca câncer colorretal, responsável por atingir os intestinos grosso e reto. “Para cada 50 gramas desse tipo de carne consumida todos os dias, o risco desde tipo de câncer aumenta 18%”, segundo a agência.
Veja Também: Cinco receitas de água detox que ajuda no emagrecimento e a prevenir doenças
As classificações foram definidas com base em mais de 800 estudos que tratam da associação de cerca de doze tipos de câncer ao consumo de carne vermelha ou carne processada em países e populações de dietas variadas. As evidências mais fortes, segundo a IARC, vierem de um grupo de estudo conduzido nos últimos 20 anos.


Publicidade


Contato

Telefone
(11) 98983-6042

Endereço
Edifício Beta Trade
Rua Caldas Novas, 50, Sala 175,
Bethaville I - SP, CEP 06404-301.


©2014 2018 - Jornal NC. Todos os direitos reservados