Conserto de goteira levou à descoberta de quadro que pode valer R$ 470 milhões



Publicado em 14/04/2016

Uma goteira no teto de uma casa na França permitiu a descoberta de um quadro que seria do pintor italiano Caravaggio (1571-1610).
A pintura estava esquecida no sótão de uma casa em Toulouse, no sul da França. Se confirmada a autoria, ela poderia valer até US$ 135 milhões (R$ 470 milhões). O quadro recria a cena bíblica de Judite no momento da decapitação do general assírio Holofernes.

Segundo a Bíblia, Holofernes foi enviado pelo rei da Babilônia, Nabucodonosor, para vingar-se das nações que haviam prejudicado seu reino.
Durante o cerco à cidade de Betúlia, Judith, uma bela viúva judia, seduziu Holofernes e o embebedou, para então decapitá-lo enquanto ele dormia. Ela regressou, então, à Betúlia com a cabeça do general e os judeus venceram o inimigo.

Veja Também: Coreia do Norte lança no mar novo míssil de curto alcance

A pintura, que está sendo exibida em Paris, foi descoberta há alguns anos durante um conserto de uma goteira no teto da casa.
O especialista em arte Eric Turquin considera que o quadro é uma versão de 1599 de Judite decapitando Holofernes.
Acredita-se que a obra tenha desaparecido 100 anos depois de ter sido pintada.

Especialistas do Museu do Louvre, em Paris, estão analisando agora a obra para saber se ela realmente foi pintada por Caravaggio. No entanto, Turquin disse que “nunca haverá consenso” sobre a autoria.
Se confirmada a autoria, o governo da França teria a primeira opção de compra.
Curta nossa Fanpage no Facebook


Publicidade


Contato

Telefone
(11) 98983-6042

Endereço
Edifício Beta Trade
Rua Caldas Novas, 50, Sala 175,
Bethaville I - SP, CEP 06404-301.


©2014 2018 - Jornal NC. Todos os direitos reservados