Concentração de gases na atmosfera bate novo recorde em 2014, segundo OMM

Atividades humanas culminaram no aumento de 254% na emissão de gases

Publicado em 10/11/2015

Segundo a Organização Meteorológica Mundial (OMM), o nível de concentração dos gases de efeito estufa atingiu um novo recorde no ano passado.
Para o diretor da OMM, Michel Jarraud, os registros são lamentáveis. “Todo ano registramos novo recorde nas concentrações de gases de efeito estufa”, disse ele. “A cada ano dizemos que não temos mais tempo, devemos agir agora para reduzir as emissões de gases e para que tenhamos uma oportunidade de manter em nível razoável o aumento da temperatura”, destacou no relatório.
O estudo baseado na concentração das emissões de gases na atmosfera mostrou que o dióxido de carbono, principal gás com efeito estufa de longa duração, aumentou para 397,7 ppm (partes por milhão) no ano passado.
“Não podemos viver o dióxido de carbono, é uma ameaça invisível, mas uma ameaça muito real”, disse Jarraud. “Isso significa temperaturas globais elevadas, mais fenômenos meteorológicos extremos, como vagas de calor, inundações, derretimento do gelo e aumento do nível do mar e da sua acidez”, completou.
Segundo a OMM, 60% das missões de metano provocadas pelas atividades humanas, principalmente com a pecuária, cultivo de arroz e exploração de combustíveis fósseis, culminaram no aumento de 254% das concentrações desse gás na atmosfera, sendo o segundo com efeito estufa de longa duração.

Curta a nossa Fanpage no Facebook e fique por dentro das notícias!


Publicidade


Contato

Telefone
(11) 98983-6042

Endereço
Edifício Beta Trade
Rua Caldas Novas, 50, Sala 175,
Bethaville I - SP, CEP 06404-301.


©2014 2018 - Jornal NC. Todos os direitos reservados