Com menos verba, Virada Cultural tem palco reduzido no Centro de São Paulo

Entre as atrações do evento, estão Ney Matogrosso, Criolo, Elza Soares e Maria Rita

Publicado em 16/05/2016

Com orçamento reduzido, a Virada Cultural 2016, em São Paulo, começa na sexta-feira, dia 20 de maio com um happy hour entre a avenida Ipiranga e a Praça da Sé, com participação de artistas como Ná Ozetti e Arrigo Barnabé.
No sábado, Ney Matogrosso abre a programação, na Praça Júlio Prestes, com participação de Alcione, Criolo, Nação Zumbi e da Orquestra Sinfônica de São Paulo. A programação completa pode ser conferida no site oficial da Virada.

Veja Também: Teatro Municipal de Barueri recebe Peter Pan neste domingo (22)


Ao todo, serão 28 ruas abertas, oito bibliotecas municipais, nove centros culturais, sete teatros municipais, 11 casas de cultura, 16 viradinhas (para crianças), dez Centros Educacionais Unificados (CEUs) e cinco palcos externos.
Segundo a secretária de Cultura do Município, Maria do Rosário Ramalho, o orçamento total da Virada ficou em R$ 15 milhões, um a menos do que o destinado para o evento no ano passado. Foram investidos R$6,5 milhões em infraestrutura e R$8,5 milhões na programação.Curta nossa Fanpage no Facebook


Publicidade


Contato

Telefone
(11) 98983-6042

Endereço
Edifício Beta Trade
Rua Caldas Novas, 50, Sala 175,
Bethaville I - SP, CEP 06404-301.


©2014 2018 - Jornal NC. Todos os direitos reservados