Bombeiros podem levar acidentados com plano de saúde para hospital particular no Rio de Janeiro



Publicado em 22/07/2016

Vítimas de acidente de trânsito atendidas pelo Corpo de Bombeiros nas ruas do Estado do Rio poderão ser levadas para hospitais privados caso tenham plano de saúde. A nova regra está prevista numa lei sancionada pelo governador em exercício Francisco Dornelles, publicada nesta terça-feira no Diário Oficial do Estado. De autoria dos deputados Samuel Malafaia (DEM), Dionísio Lins (PP) e Jorge Picciani (PMDB), a lei, que pretende desafogar as emergências estaduais, causou polêmica.
De acordo com o texto, os acidentados poderão ser encaminhados por profissionais do Corpo de Bombeiros para emergências de unidades de saúde privadas “desde que não comprometa a qualidade e agilidade do atendimento”. Até então, bombeiros tinham que levar todos os socorridos para hospitais públicos. A nova lei estabelece ainda que “o encaminhamento será feito caso seja possível identificação imediata do hospital particular mais próximo que o acidentado tenha direito e que ofereça atendimento de emergência”.

Veja Também: Conselho de Medicina veta cesáreas antes de 39 semanas de gestação

Segundo dados do Sistema de Informação de Mortalidade (SIM) do Ministério da Saúde, 43.780 pessoas foram vítimas fatais de acidentes de trânsito em 2014, em todo o país. No Estado do Rio de Janeiro, 2.902 pessoas foram a óbito. No mesmo período, o SUS registrou 127.094 internações por acidentes de trânsito no país, sendo 7.147 apenas no estado.
No caso de acidentes leves, em que a vítima tenha condições de falar, o bombeiro poderá aplicar a nova lei.
Curta nossa Fanpage no Facebook


Publicidade


Contato

Telefone
(11) 98983-6042

Endereço
Edifício Beta Trade
Rua Caldas Novas, 50, Sala 175,
Bethaville I - SP, CEP 06404-301.


©2014 2018 - Jornal NC. Todos os direitos reservados