Black Friday: cresce intenção de compra, mas a data ainda gera desconfiança

O Black Friday já se consolidou no Brasil tanto que a expectativa é que a data tenha faturamento de R$ 2 bilhões

Publicado em 09/11/2016

O Black Friday já se consolidou no Brasil tanto que a expectativa é que a data tenha faturamento de R$ 2 bilhões, o que representa alta de 34% na comparação com a data em 2015, segundo mapeamento do site Black Friday. com, idealizado no evento no País. Mas, mesmo esses números muitos brasileiros ainda desconfiam da data.



Outros arriscam e se aventuram em comprar na data, como é o casa do público feminino. Pesquisa realizada pelo Rebatly, site de cupons de desconto – apontou que 88% das mulheres pretendem aproveitar os descontos da Black Friday para fazer compras online, no próximo dia 25 de novembro. Os cosméticos aparecem com a maior intenção de compras com 68% de menções apuradas no estudo.



Veja Também: Norte-americanos criam pneu de bike que não precisa encher e nunca fura



Na sequência aparece a categoria de moda com 41% da intenção de compra na Black Friday, maquiagem com 40%, casa e decoração com 39%, eletrodomésticos com 35% e livros com 32% das menções na pesquisa. Dentro do segmento de cosméticos, os produtos para os cuidados com os cabelos dominam a intenção de compra de acordo com 92% das mulheres entrevistadas, seguidos pelos produtos para o rosto com 53%, produtos para o corpo com 28% e os nutricosméticos com 16%.
Maquiagens na liderança



As maquiagens também aparecem com bom índice de intenção de compra sendo que os batons dominam a preferência com 64%, bases e corretivos com 61%, máscaras de cílios e delineador com 47%. Os blushes e os iluminadores dominam a preferência de 31% das respondentes, seguido pelas sombras com 24% de intenção de compra durante a Black Friday.
Outras categorias mencionadas são eletrônicos, smartphones e tablets, viagens, perfumes, informática, produtos infantis, games e itens de sex shop.



Data da desconfiança
O estigma de que a data de desconto não passa de uma fraude ainda assombra a Black Friday no Brasil. Estudo do Conecta - plataforma web do IBOPE Inteligência - apontou que 67% dos internautas do País devem comprar alguma coisa durante o dia de descontos. Já para 13% dos consumidores online a data vai passar em branco.



Mesmo com o alto índice de intenção de compra para data sazonal, 84% dos internautas desconfiam das promoções realizadas nessa data. Outros 18% afirmaram que as lojas inventam os descontos, o que torna a data uma farsa. Mesmo com a “imagem manchada” por fraudes em edições anteriores, 66% dos entrevistados afirmaram que apenas algumas lojas fazem promoções reais na data, enquanto outras aumentam os preços semanas antes e cobram o preço normal na Black Friday.



Curta nossa Fanpage no Facebook







Publicidade


Contato

Telefone
(11) 98983-6042

Endereço
Edifício Beta Trade
Rua Caldas Novas, 50, Sala 175,
Bethaville I - SP, CEP 06404-301.


©2014 2018 - Jornal NC. Todos os direitos reservados