Apple Watch salva a vida de adolescente norte-americana

O aparelho auxiliou no diagnóstico de uma doença renal

Publicado em 10/05/2018

Deanna Recktenwald tem 18 anos e uma super-história para contar. Um belo dia, seu Apple Watch notificou a jovem de que seus batimentos cardíacos estavam em 190 por minuto.
Como estava se sentido sem fôlego e com dor de cabeça, ela achou melhor não ignorar o aviso e procurou ajuda médica, apesar de considerar que o aplicativo poderia estar com algum erro. Sua mãe Stacey, no entanto, é enfermeira e notou que o aviso parecia estar correto. No Hospital Geral de Tampa, na Flórida, Deanna descobriu que estava sofrendo de doença renal crônica uma condição que fez seus dois rins falharem. No caso dela, os dois órgãos estavam atuando com apenas 20% da capacidade, o que provavelmente a coloca na fila para um transplante.
Se não estivesse usando o Apple Watch, Deanna provavelmente teria interpretado a dor de cabeça e a falta de ar como um simples mal-estar e talvez não chegasse a buscar ajuda médica antes que a situação estivesse pior. Até mesmo Tim Cook, o CEO da Apple, comentou sobre o uso do gadget em sua conta no Twitter: “Histórias como a de Deanna nos inspiram a sonhar mais alto e trabalhar duro todos os dias”.


Veja Também: O canudo que permite beber água suja de esgoto sem ficar doente


Curta nossa Fanpage no Facebook



Publicidade


Contato

Telefone
(11) 98983-6042

Endereço
Edifício Beta Trade
Rua Caldas Novas, 50, Sala 175,
Bethaville I - SP, CEP 06404-301.


©2014 2018 - Jornal NC. Todos os direitos reservados