Após ataque na Califórnia, Obama quebra o sigilo e se pronuncia sobre terroristas

O Presidente disse que destruirá o Estado Islâmico

Publicado em 10/12/2015

Depois de cinco anos sem se pronunciar sobre o terrorismo, neste domingo (5), Obama declara guerra ao Estado Islâmico e pede que a população não tema, pois As Forças Armadas Americanas, estarão caçando os terroristas. No mesmo dia ele disse que não mandará tropas terrestres.
O estopim para a declaração foi o ataque feito por um casal, Syed Rizwan Farook e sua esposa, Tashfeen Malik, em San Bernardino, na Califórnia, que deixou 14 mortos, na quarta-feira do dia 2 de dezembro. Aparentemente o casal não era membro de nenhuma organização terrorista.

Veja Também: França e Reino Unido querem ampliar ataques ao Estado Islâmico

Obama pediu ao Congresso vista grossa em relação ao controle de armas, pois Syed e Tashfeen adquiriram o armamento e as munições legalmente.
Curta nossa Fanpage no Facebook


Publicidade


Contato

Telefone
(11) 98983-6042

Endereço
Edifício Beta Trade
Rua Caldas Novas, 50, Sala 175,
Bethaville I - SP, CEP 06404-301.


©2014 2018 - Jornal NC. Todos os direitos reservados