Frutas, legumes e verduras congelados são saudáveis?



Publicado em 14/07/2016

Com frequência os consumidores associam os alimentos congelados a uma perda de qualidade e menor nível nutricional. Porém, a verdade é que não existem razões para que uma cenoura congelada seja menos nutritiva que uma fresca.
Mas qualquer processamento de alimento sempre faz com que ele sofra alguma alteração.
O congelamento, por exemplo, pode levar à perda de algumas das qualidades organolépticas (cheiro, textura, sabor e cor). No entanto, as perdas serão mínimas se o processo for realizado de forma adequada.
Mesmo assim, especialistas recomendam que as pessoas consumam alimentos frescos produzidos na região em que vivem sempre que possível.
Se o acesso a produtos frescos - e maduros - colhidos localmente não é possível, é aí que os congelados surgem como uma boa alternativa.




As frutas, verduras e legumes que serão congelados geralmente são colhidos em seu ponto certo de maturação. E passam pelo processo de forma quase imediata.


Veja Também: 2º melhor golfista do mundo desiste da Rio 2016 por causa do vírus da Zika


Antes, são mergulhados rapidamente em água fervendo, segundo recomendações da FDA (Food and Drug Administration, ou Agência de Alimentos e Remédios, em tradução livre), a Anvisa dos Estados Unidos, e da Autoridade Europeia de Segurança Alimentar.
As duas instituições também descrevem a técnica de ultracongelamento ideal: os alimentos são congelados o mais rapidamente possível a temperaturas que alcançam os 40 graus negativos, o que leva a uma maior conservação de sabor, textura, cor e cheiro.
Com essa técnica, os micro-organismos potencialmente nocivos são mortos, a vida útil do alimento aumenta, segundo especialistas. Além disso, continua com 100% de seu conteúdo nutricional, afirmam. Curta nossa Fanpage no Facebook


Publicidade


Contato

Telefone
(11) 98983-6042

Endereço
Edifício Beta Trade
Rua Caldas Novas, 50, Sala 175,
Bethaville I - SP, CEP 06404-301.


©2014 2018 - Jornal NC. Todos os direitos reservados