Ex-presidente Ahmadinejad teria sido preso no Irã, diz jornal

De acordo com fontes ouvidas pelo jornal Árabe "Al Quds Al-Arabi", a prisão teria recebido a autorização do guia supremo do país

Publicado em 11/01/2018

O ex-presidente do Irã Mahmoud Ahmadinejad teria sido preso por “incitar a violência” nos protestos ocorridos no país nas últimas semanas, informou o jornal árabe “Al Quds Al-Arabi”. No entanto, a informação não foi confirmada pelo governo de Hassan Rohani. De acordo com fontes ouvidas pela publicação, a prisão teria recebido a autorização do guia supremo do país, aiatolá Ali Khamenei, e ocorreu durante a visita de Ahmadinejad à cidade de Shiraz. O Irã começou a enfrentar uma série de manifestações em 28 de dezembro.

Veja Também: A economia venezuelana, em estado de coma

Iniciados na cidade de Mashhda, com pauta contra a inflação e a falta de empregos, os atos se espalharam por todo o país - com reivindicações que iam desde a corrupção do atual governo até a obrigação do uso de roupas islâmicas pelas mulheres. Além de culpar os “inimigos externos” da nação, Ahmadinejad também estava sendo acusado por membros do governo de agitar as manifestações. No dia 4 de janeiro, em um protesto em Bushehr, ele criticou Rohani por um “monopólio de riqueza pública”. Para tentar atenuar as manifestações, o governo anunciou um pacote de medidas econômicas para reduzir o desemprego na nação. Com informações da ANSA.
As maciças manifestações que começaram no Irã em 28 de dezembro de 2017, que estão tomando as ruas de grandes cidades iranianas entre elas Teerã, Mashhad, Isfahan e Rasht, resultaram em ao menos 20 vítimas mortais. O comandante do Corpo da Guarda Revolucionária Islâmica, major-general Mohammad Ali Jafari, declarou em 3 de janeiro que as manifestações de 2017 foram fracassadas.

Curta nossa Fanpage no Facebook



Publicidade


Contato

Telefone
(11) 98983-6042

Endereço
Edifício Beta Trade
Rua Caldas Novas, 50, Sala 175,
Bethaville I - SP, CEP 06404-301.


©2014 2018 - Jornal NC. Todos os direitos reservados