Impressões ao dirigir: Chevrolet Equinox



Publicado em 08/06/2017

Quando o Equinox chegar ao Brasil, não espere que ele seja só um figurante do mercado, como hoje é o Tracker, que vendeu 3.870 unidades entre janeiro e maio de 2017 (é apenas o 11º colocado entre os SUVs, contra 19.160 do líder Honda HR-V). Previsto para estrear no segundo semestre (a data mais provável é agosto), o novo SUV terá toda a força de vendas e publicidade da GM a seu dispor. A montadora já decidiu investir nele mais do que fez no atual SUV compacto. Por isso, a rede autorizada já trabalha com contenção do Tracker, para não queimar a cota de importação, já que ambos são produzidos no México.
Veja Também: Fiat Argo: Saiba a opinião dos compradores Europeus sobre o substituto do Punto

Essa estratégia faz sentido por duas razões. Primeiro, porque esse segmento de SUVs de porte médio está bombando, empurrado pelo sucesso do Jeep Compass (que já foi o SUV mais vendido nas parciais de abril e maio). Depois, porque o Equinox se mostrou um best-seller nos EUA, aonde fomos para conhecer a nova geração, cujas vendas estão em fase inicial. Com mais de 2 milhões de unidades, é o segundo Chevrolet mais vendido no país – só fica atrás da picape Silverado. Apesar disso, ele ainda perde para os rivais, como o Honda CR-V e Toyota RAV4, ambos mais modernos do que o Equinox anterior, que tinha dimensões bem superiores.
Curta nossa Fanpage no Facebook


Publicidade


Contato

Telefone
(11) 98983-6042

Endereço
Edifício Beta Trade
Rua Caldas Novas, 50, Sala 175,
Bethaville I - SP, CEP 06404-301.


©2014 2018 - Jornal NC. Todos os direitos reservados